4 avanços tecnológicos que são utilizados em negócios atuais

Você já parou pra pensar como os avanços tecnológicos influenciam em qualquer área do mercado? Apesar disso, se comparada a outras áreas, a tecnologia ainda tem dificuldade para conquistar seu espaço na indústria da construção.

Os avanços tecnológicos permitem que todos os setores estejam sempre atualizados para trabalhar melhor, alcançar melhores resultados e diminuir seus custos. Isso é também um grande benefício  para a construção civil que é uma área de grande importância para um país.

A seguir, confira alguns avanços da tecnologia na construção civil.

Principais avanços tecnológicos na engenharia civil

1. Impressão 3D de metais

Em 1984, o norte-americano Chuck Hull inventou a primeira impressora 3D. Os primeiros objetos criados pela máquina foram  lâmpadas para solidificação de resinas.

Atualmente, a impressão 3D ainda é muito usada para a produção de protótipos ou apenas como hobby, pois imprimir alguma coisa que não é de plástico era um processo demorado e caro.

A impressão 3D de metais, se for amplamente adotada, pode ser um dos principais avanços tecnológicos que irão colaborar na mudança do modelo de produção industrial.

Em setembro de 2018, a HP apresentou a Metal Jet, impressora 3D em escala industrial. Segundo a companhia, a impressora tem a capacidade de fabricação de itens de aço com até 50 vezes mais produtividade do que outras formas de impressão.

Com essa impressora inovadora, a HP promete tornar mais barato o custo para se produzir certas peças de metal e possibilitar que empresas possam criar novos produtos com mais rapidez. As primeiras unidades da impressora serão entregues em 2020.

A companhia, inclusive, já assinou parcerias com fabricantes que pretendem experimentar a impressão 3D em aço. Um de seus clientes é uma das maiores fabricantes de automóveis no mundo.

2. Cidades sensíveis

Há em Toronto, Canadá, um projeto chamado Quayside que tem como objetivo mudar as maneiras de repensar o urbanismo.

A empresa Alphabet, dona da Google, está implementando na cidade canadense vários sensores para identificar como a cidade foi construída. Os dados coletados passarão por uma análise e serão usados para repensar o crescimento futuro e a maneira que as pessoas vivem na cidade. Com isso, será possível apresentar soluções executáveis de produtos e serviços para os cidadãos.

3. Inteligência Artificial

Por enquanto, a Inteligência Artificial é usada principalmente por startups e grandes empresas de tecnologia. Isso porque para a grande maioria das empresas, a IA tem alto custo e é difícil implementação.

No entanto, existem ferramentas de aprendizado de máquinas baseadas na nuvem que estão levando a Inteligência Artificial a cada vez mais empresas e pessoas. No futuro, a tecnologia poderá tornar setores como engenharia civil, indústria, medicina e energia mais eficientes.

4. Gás natural sem carbono

O gás natural é uma das principais fontes para a produção de eletricidade, e isso, provavelmente, não deve mudar tão cedo. Vinte e dois por cento da geração de energia do mundo é originada do combustível.

Segundo a Organização Meteorológica Mundial, agência especializada da ONU, em 2017, a emissão de gás carbono atingiu recorde (405,5 partículas de gás carbônico por milhão).

Uma nova tecnologia,  que poderia fazer com que o gás natural  se tornasse uma energia limpa, está sendo testada em uma usina nos EUA. Todo o dióxido de carbono gerado é capturado através de um processo em que a maior parte do dióxido de carbono poderia ser reciclada constantemente.

Quais outros avanços tecnológicos deveriam ser incluídos na lista? Compartilhe o conteúdo com seus amigos nas redes sociais!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *